Última atualização:

29/07/2009, 15:15


Veja Também:

Tom Jones

Henry Fielding


A história se passa na Inglaterra, em meados do século XVIII.

Retornando à sua propriedade no campo depois de uma longa viagem, o Sr. Allworthy descobre um bebê na sua cama. Ele eventualmente encontra a mãe, Jenny Jones, uma criada solteira de um mestre-escola chamado Partridge. Allworthy generosamente oferece-se para criar a criança como se fosse sua. Agradecida, Jenny aceita a oferta e deixa a vila sem dizer o nome do pai da criança. As suspeitas recaem sobre Partridge, o patrão de Jenny. Decepcionado, Allworthy o demite do seu posto, e Partridge também deixa a vila. Allworthy dá ao bebê o nome de Tom Jones e o ama profundamente.

Pouco tempo depois, a Sra. Bridget, irmã de Allworthy e que vive com ele, casa-se com o ganancioso Capitão Blifil. Eles têm um bebê que é criado junto com Tom Jones. À medida que cresce, o pequeno Blifil se torna muito ciumento de Tom. Blifil compra com favores seus tutores, Thwackum e Square, e trama a ruína de Tom.

Enquanto isso, Sofia Western, a adorável filha do nobre vizinho, se apaixona por Tom Jones. Tom gosta dela, mas não percebe a adoração de Sofia. Ele se envolve com a filha do mateiro, Molly Seagrim. Ela fica grávida e é humilhada pelos habitantes da vila. Tom confessa ao Sr. Allworthy que ele é o pai, mas quando ele vai até Molly para levar algum dinheiro para ela, ele a encontra na cama com Square. Tom descobre que ela tinha tido outros amantes todo o tempo. Assim, ele se sente livre para pensar em outra mulher por quem ele tinha gradativamente se apaixonado: Sofia Western.

Mas o Sr. Western, pai de Sofia, não irá permitir que ela se case com um enjeitado como Tom. Ele quer que ela se case com Blifil para unir as propriedades de Allworthy e Western. Blifil também quer se casar com Sofia, pois deseja se apossar da riqueza dela e se vingar de Tom Jones. Quando Western descobre o amor de Sofia por Tom, ele a aprisiona até que ela concorde em se casar com Blifil.

O Sr. Allworthy fica muito doente. Ele se recupera mas recebe a notícia da morte da Sra. Bridget, que estava viajando. Para celebrar a recuperação de Allworthy, Tom se embebeda. Mais tarde, Blifil mente para Allworthy dizendo que Tom estava embriagado porque pensou que Allworthy estava às portas da morte e estava comemorando sua herança iminente. Thwackum e Square confirmam essa calúnia. Allworthy, que estava farto das ofensas de Tom, o expulsa da sua propriedade.

Sentindo-se miserável, Tom se dirige para o mar. Enquanto isso, Sofia escapa do cativeiro do seu pai e sai em busca de Tom. Western, um caçador fanático, salta em seu cavalo e parte no rastro de Sofia.

Em uma estalagem, Tom é atacado e ferido por um arrogante soldado chamado Northerton. O homem que acode Tom e que aplica curativos nos seus ferimentos é Partridge, o suposto pai de Tom. Mas ele diz a Tom que não é seu pai. Os dois se tornam amigos e companheiros de viagem. Enquanto caminham, Tom encontra Northerton atacando uma mulher atraente chamada Sra. Waters. Ele a salva e a leva para uma hospedaria.

A Sra. Waters seduz Tom depois do jantar. Sofia chega na hospedaria e encontra Tom adormecido na cama com outra mulher. Enfurecida, ela deixa sua luva com seu nome gravado na cama e toma o caminho de Londres. Western também chega e encontra Tom, mas não Sofia. Ele recomeça a perseguir Sofia mas se distrai com uma caçada à raposa e acaba voltando para casa.

Na estrada, Sofia encontra sua prima, a Sra. Fitzpatrick, que está fugindo do seu irascível marido irlandês. Elas vão juntas para Londres. Enquanto isso, Tom descobre a luva de Sofia na sua cama e fica desesperado. Ele parte a pé para Londres com Partridge.

Em Londres, Sofia se hospeda com Lady Bellaston, uma dama da sociedade. Lady Bellaston ouve sobre Tom Jones e fica tão interessada que ela trama encontrá-lo por conta própria. Tom acaba tendo um romance com a dama, na esperança de rever Sofia através dela.

Uma noite, enquanto ele está sozinho na sala de estar de Lady Bellaston, Sofia chega. Ele pede o seu perdão pelo que tinha acontecido na hospedaria e declara seu amor por ela. Ela o perdoa, e os dois se abraçam. Mas ela diz que a desaprovação do seu pai a impede de se casar com ele.

Mais tarde, a enfurecida Lady Bellaston acusa Tom de cortejar Sofia pelas suas costas. Ao mesmo tempo, Lorde Fellamar, um amigo de Lady Bellaston, tinha se apaixonado por Sofia. Para remover sua rival, Lady Bellaston estimula Fellamar a raptar Sofia e se casar com ela.

Tom tenta descobrir uma maneira de romper seu relacionamento com Lady Bellaston. Nightingale, um jovem cavalheiro que tinha se tornado amigo de Tom, surpreendentemente sugere que Tom proponha casamento a ela. Ele faz a proposta e Lady Bellaston recusa indignada, acreditando que Tom está apenas tentando se apossar do seu dinheiro.

Enquanto isso, o Sr. e a Sra. Western seguem para Londres, pois haviam recebido notícias de que Sofia estava lá. O Sr. Western encontra Sofia no momento em que Fellamar estava prestes a violentá-la. Por segurança, Western leva sua filha para seus aposentos, onde ele pode vigiá-la melhor.

Seguindo os demais, Allworthy e Blifil também chegam a Londres.

Tom vai visitar a Sra. Fitzpatrick para descobrir como chegar até Sofia. Quando ele está partindo, ele encontra o Sr. Fitzpatrick. Tomado de ciúmes e acreditando que Tom é amante da sua esposa, Fitzpatrick saca sua espada. Tom termina ferindo o Sr. Fitzpatrick e é levado para a prisão. A Sra. Waters, que está agora viajando com o Sr. Fitzpatrick, visita Tom na prisão e diz a ele que o ferimento de Fitzpatrick foi superficial. Mais tarde, Tom recebe uma carta de Sofia, que tinha descoberto seu romance com Lady Bellaston, dizendo que ela nunca mais quer vê-lo. Por fim, Partridge, reconhecendo a Sra. Waters como Jenny Jones, diz a Tom que ele tinha dormido com sua própria mãe.

Enquanto isso, a senhoria de Tom, Sra. Miller, que é amiga do Sr. Allworthy, conta a ele sobre a gentileza e grande generosidade que Tom sempre teve com ela. Allworthy não quer nem mesmo ouvir o nome de Tom. Mas Allworthy também recebe a visita da Sra. Waters, que informa a ele que Tom Jones é filho da sua falecida irmã, Sra. Bridget, sendo portanto sobrinho de Allworthy e meio-irmão de Blifil. Allworthy então descobre que sua irmã tinha escrito uma carta revelando que era a mãe de Tom, mas que a carta tinha sido escondida dele por Blifil. Ele recebe uma carta do moribundo Square dizendo que Tom amava profundamente Allworthy. Convencido da vilania de Blifil, Allworthy o expulsa. Allworthy e Tom têm um comovente reencontro.

O Sr. Western, ao descobrir que Tom é o herdeiro de Allworthy, se torna um entusiasta do casamento de Tom e Sofia. Mas Sofia, embora ame Tom, ainda está zangada. Tom jura sua devoção. Sofia, pretendendo obedecer somente aos desejos de seu pai, mas na verdade obedecendo ao seu próprio coração, o aceita. Os dois se casam e retornam felizes ao campo, onde Western dá a eles a sua propriedade.